Pular para o conteúdo principal

Home Office - 4 Dicas para ser mais produtivo!

Trabalhar em casa é algo relativamente comum hoje em dia, para alguns é opção, para outros acabou se tornando a forma mais eficaz de tornar-se produtivo(a).  A ideia por trás de todo o conceito de se trabalhar em casa e ter o chamado "Home Office" consiste muito em você ter tempo para você  e para fazer as suas coisas sem precisar tirar o pé de casa, mas será que todo mundo está preparado para isso?

Home Office

Particularmente, eu tenho vivido a realidade de trabalhar em casa há alguns meses, na verdade, pouco mais de um ano, e essa experiência relativamente curta me proporcionou vários casos de experiência que eu gostaria de compartilhar com você.

A fase do "estou de férias"


Essa foi a primeira "fase", por assim dizer, que eu passei ao começar a trabalhar em casa. É uma fase um pouco confusa, conturbada e que pode acabar levando a sua produtividade para Nárnia.  Logo no início da minha jornada era muito comum eu acabar fazendo coisas não relacionadas ao trabalho que deveria estar fazendo em casa.

Férias Home Office

A sala está logo aí, o vídeo game liga quase sozinho... entre outras coisas, a procrastinação acabava tomando conta, isso acontecia por conta do meu "mind set" de estar em casa. Normalmente, "estar em casa" significava apenas uma coisa "descanso/lazer" e confundir-se nos primeiros momentos de Home Office é algo extremamente comum e até mesmo involuntário.

A fase "nunca saio do trabalho"


Vamos dizer que esse seja o oposto da fase "estou de férias", normalmente ela acontece depois dela inclusive, e consiste em você esquecer que além de trabalhar você também deve descansar.

Trabalho duro!


Existe um equilíbrio muito tênue em trabalho e lazer quando você está em casa, isto é, a maior parte das pessoas que tem um home office está ali porque gosta, certo? Provavelmente até diverte-se trabalhando. Eu sei bem como é, este é o meu caso, eu adoro trabalhar com o que trabalho, adoro o Diolinux e tudo o que o envolve, mas é importante saber a hora de parar.

Se antes eu acabava me distraindo e fazendo outras coisas, nesta fase eu fiquei tão preso ao trabalho que por vezes acordo e já vou trabalhar, mal tomo um café e já estou trabalhando, não sei dizer quantas vezes eu literalmente esqueci de almoçar por conta disso.

É importante se dar conta de isso ocorre para que você tenha uma vida mais saudável.

Ajuste os ponteiros!


Preciso confessar que ainda estou um pouco na fase do "nunca saio do trabalho", mas já melhorei muito neste aspecto. Aqui vão algumas dicas bacanas para você tentar "ajustar os ponteiros" e regular melhor a sua rotina de trabalho em casa.

1 - Copiando o tradicional: Pode parecer contra intuitivo, mas copiar em alguns aspectos o modelo trabalho convencional pode funcionar. Definir horários para começar a trabalhar e parar de trabalhar são essenciais do meu ponto de vista.

Organizar-se em tempo permite que você seja mais produtivo quando isso for relevante e ao mesmo tempo não trabalhe demais, além do que, a sua saúde mental pode aguentar.

2 - Espaço reservado: Ainda acho que o ideal seja você ter um quarto/escritório que seja o seu local de trabalho, assim quando o seu horário de trabalho acabar (aquele mesmo que você definiu), você deve simplesmente deixar o ambiente e esquecê-lo até o próximo dia ou jornada de trabalho.

3 - Faça pequenos intervalos: Tomar uma água, esticar as pernas e até piscar um pouco não faz mal pra ninguém, vá até uma sacada, uma janela, ou algo do tipo e olhe pra fora, respire um ar mais puro, aliás, uma dica complementar é trabalhar de frente pra uma janela, acho que a sensação de estar em casa pode ficar ainda mais prazerosa.

4 - Tenha horários de lazer: Como eu disse anteriormente, é importante saber parar. Não só saber parar, mas parar de pensar no trabalho também, que é uma dificuldade que muitas pessoas que trabalham em casa tem. Saia de casa, caminhe quem sabe, veja algumas outras pessoas, jogue videogame, brinque com o cachorro, fale com a sua família. Isso é extremamente importante para a sua saúde mental e para a sua criatividade.

E cá entre nós, confesso que essa última dica é o que eu ainda preciso melhorar um pouco mais, pois vale  muito à pena.


Estas foram as minhas dicas para você que está planejando trabalhar em casa ou já trabalha e está sentindo alguns desconfortos, aproveite a sessão de comentários e me conte quais as suas experiências quando o assunto é "Home Office" e o que você faz para se tornar mais produtivo e conciliar trabalho e lazer.

É preciso ter praticamente uma responsabilidade dobrada para trabalhar em casa, mas vale muito a pena. Você não acha?

Até mais! 😊

Comentários

  1. Excelente conteúdo. Parabéns pelo trabalho de qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Fascinante o artigo, vou ate compartilhar <3
    Amei o design desse blog.

    ResponderExcluir
  3. É exatamente isso que acontece comigo. Confesso que também não utilizo muito a 4ª dica rsrs. As vezes viro noites em claro e até esqueço que realmente estou trabalhando. Parabéns Dionatan, muito objetivo como sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Miqueias, volte sempre! Nesta semana ainda teremos posts novos! :)

      Excluir
    2. Volto sim. Ansioso pelo próximo assunto.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Crianças YouTubers: Qual é o limite?

O youtube acabou se tornando uma das maiores formas de livre expressão em nossa sociedade, com a livre expressão nessa plataforma, vieram também novos ídolos que são seguidos por milhões de adultos, adolescentes e crianças.



Se você perguntasse a uma criança há uns dez anos atrás o que ela gostaria de ser quando crescesse, provavelmente a resposta dela iria variar entre, professor, jogador de futebol, veterinário, médico, com algumas exceções de crianças que responderam profissões um pouco diferentes. Hoje em dia se você fizer essa pergunta a uma criança, uma quantidade assustadora provavelmente vai lhe responder que quer ser Youtuber.

Não estamos generalizando dizendo que todas as crianças sonham em se tornarem youtubers, mas a quantidade que deseja produzir algum tipo de conteúdo para a internet é muito grande. Muitas dessas crianças possuem esse desejo por parecer algo divertido e fácil de ser feito o que não deixa de ser mentira, pois afinal muito vídeos produzidos para essa plata…